Hey, I’m cis! And I’m also cis!

Aaand we’re the Cis Grumps!

Uma das coisas mais frustrantes do mundo é ser fã de uma mídia transfóbica.

Sabem quando você tá assistindo aquele programa de TV super legal e aí falam “haha! Traveco!”. Ou você tá lá jogando Persona 3 super de boa e o Junpei “Você é um CARA?”.

Ou então, no meu caso, você está assistindo Game Grumps e o Arin fala “Sabe como alguns caras se identificam como mulheres? então, tem gente que se identifica com bicho. [insira piadas ridicularizando pessoas trans e otherkin aqui].”

É frustrante. É irritante. E eu to cansada.

Nesse post eu vou falar de algo mais pessoal e específico: Minha frustração, enquanto pessoa trans, com esse canal de Let’s Plays do YouTube chamado Game Grumps.

(Como eu não sabia com o que ilustrar o post, eu peguei umas fanarts maravilhosas da comunidade de Game Grumps que é igualmente maravilhosa… às vezes.)

Isso acontece em várias mídias. As pessoas simplesmente não se tocam da sua transfobia. E é particularmente irritante quando acontece com uma coisa que você genuinamente gosta!

E eu amo Game Grumps. Ou amava? Agora eu estou simplesmente me sentindo é cansada com eles.

Quanto mais eu assisto Game Grumps, menos eu quero continuar assistindo.

tumblr_nd0tbgYtIJ1qa9vwco1_1280

Arte por Freja

É engraçado pra caramba. Ou pelo menos era até mês passado.

Eu passei 2015 inteiro com eles do meu lado. Eu aprendi muita coisa interessante assistindo Game Grumps. Sobre música, poesia, comédia, game design, animação, psicologia.

Eu torci e vibrei com todas as vitórias do Arin em Bloodborne. Eu admirei a voz da Suzy, a expressão de gênero dela, as suas maquiagens e suas roupas. Tornei o Danny um dos meus ídolos, e o Arin num ídolo maior ainda.

Eles tem um dos poucos programas da interner que é Let’s Play de jogos de mesa, e a MELHOR banda de comédia nerd que eu já ouvi! Eles foram os responsáveis por uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos, Regretoid.

E eu sempre amei a forma como eles são apoiadores de pessoas gays e lésbicas.

Mas sinceramente?

Eu estou cansada de assistir os vídeos desse canal e ficar esperando uma porra de uma piada transfóbica aparecer a qualquer momento. Eu estou cansada de ver os vídeos com a Suzy e ter que aguentar ela dizer que é anti-feminista e que odeia ser chamada de “girl gamer” e que gênero não é importante. E eu estou cansada de ficarem confundindo transgeneridade com otherkin. Ou tratar isso como se fosse piada.

Eu sinto que assistir Game Grumps se tornou uma perda de tempo. E isso acontece. Ás vezes a gente envelhece e programas que eram legais pra gente antes não são mais depois de um tempo. Mas eu acho que aqui o buraco é mais embaixo.

Es integrantes de Game Grumps não consideram as identidades de gênero de uma considerável parcela da sua audiência como sendo verdade. E por pura ignorância, os programas dels, que poderiam ser muito divertidos, acabam tornando pessoas como eu extremamente desconfortáveis com a situação toda! Eu não consigo mais me divertir sabendo que a equipe inteira do canal não se importa de mudar as próprias visões de mundo.

tumblr_o2swjpdiU51tlie9mo1_1280

Arte por join-the-tea-party

E me incomoda principalmente o fato de que isso é só ignorância. É só que eles nunca conheceram uma pessoa trans pra fazer eles se tocarem da merda que eles falam. E a internet é um lugar tão tóxico que eles não tem como ler os comentários dos vídeos pra ouvir as preocupações de sues fãs transgêneres!

(E eu fico meio puta com o fato de que o Markiplier é um “aliado trans”, mas não faz questão de ajudar seus outros amigos cis a mudar de comportamento, mas isso é outra história).

E o fato de que essas piadas só tem se tornado mais presentes agora do que nunca, mostra que eles vêem pessoas falando sobre transgeneridade na internet, mas não prestam atenção no que essas pessoas realmente estão falando, e tratam isso como piada.

A quase um ano atrás, quado saiu o episódio 12 de Leisure Suit Larry, umas pessoas trans apareceram no reddit de Game Grumps pra falar sobre um comentário extremamente transfóbico da parte do Danny. O Danny, sendo uma pessoa muito querida, pediu desculpas e pediu para que as outras pessoas trans que seguem o canal pudessem ajudar ele a se desconstruir.

Mas aí você vai ver um dos primeiros episódios de Bloodborne que eles fizeram e nota que essa “dosconstrução” não ajudou em nada!

E eu odeio dizer isso sobre uma mulher, mas eu acho que o principal problema ali é a Suzy. Ela é uma mulher maravilhosa, como todas nós somos, mas ela se posiciona tanto contra o “politicamente correto” que… Assim não dá pra te defender, amiga! E é SEMPRE ela quem bota a lenha na fogueira do gênero.

Eu fiquei com nojo de assistir a última série que saiu de Animal Crossing: Amiibo Festival por causa de uma piada que ela e um dos convidados fizeram sobre gênero, diminuindo fluidez de gênero à uma piada sem graça e misógina.

tumblr_njontb2ivJ1rkkro4o1_1280

Arte por Mona

Alguns fãs de Game Grumps fizeram um tumblr pra previnir as pessoas de assistirem episódios problemáticos chamado triggergrumps, e eu acho que é útil pra quem usa tumblr todo dia e não quer passar estresse assistindo uma das suas séries favoritas no YouTube. Mas não resolve o problema.

Eu queria poder encontrar o Arin, o Danny e a Suzy pra tentar esclarecer pra eles esse tipo de coisa. Mostrar pra eles, cara-a-cara que pessoas trans existem de verdade. Ou pelo menos ter a garantia de que tem outra pessoa fazendo o mesmo.

(Sendo bem sincera aqui, eu nem acho que o Arin seja cis. Talvez ele realmente tenha um gênero mais fluído e/ou menos binário do que ele deixa passar, e ele provavelmente só ta se prejudicando com esses preconceitos de gênero que se recusam a se desconstruir. Mas eu não to aqui pra fazer fofoca nem fazer pressuposições sobre o gênero das pessoas. Eu só acho que ia ser super interessante ver o que aconteceria se ele viesse a realmente conhecer o mundo trans.)

Mas como isso nunca vai acontecer, eu acho que é melhor eu simplesmente parar de assistir.
Game Grumps tá me estressando mais do que tá me divertindo nesses 2 primeiros meses de 2016.

Eu espero de todo o coração que o programa que eles criaram melhore. E que mais pessoas trans possam se sentir seguras pra ir pra lá e rir das suas piadas bestas.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.