DCEU aos olhos de uma marvete pagã

Eu sou uma Marvete! Sempre fui uma marvete! Meus supers favoritos são o Demolidor, a Thor, o Loki, a Vampira e etc. E eu não tenho a MENOR ideia do que rola na DC.

Na minha infância eu nunca tive saco pros desenhos da Liga da Justiça, e por mais que eu gostasse do desenho dos Jovens Titãs, o desenho era COMPLETAMENTE diferente dos gibis, que eu sinceramente achava um porre. E por mais que eu goste de Batman: Begins , The Dark Knight, alguns dos desenhos antigos do batman, nada realmente me fez querer ler os gibis.

Eu tentei ler A Noite Mais Densa, Batgirl dos Novos 52, Justice League Dark, mas nada me prendeu… Nada se quer me deixou interessada, com exceção de Sandman.

E quando chegou a data de estréia de Batman Vs. Superman, o novo filme da DCEU (Dream Comics Extended Universe) dirigido por Zack Snyder, eu decidi dar uma chance nova pra esse universo de super-heróis que eu mal conheço e nunca consegui apreciar.

Spoilers de Homem de Aço, Batman vs. Superman e… Kill Bill vol.2?

man-of-steel-poster

Cristo sendo levado até a cruz

Eu assisti O Homem de Aço e me surpreendi com o que eu vi: Um filme religioso!

What?

Comparar super heróis com jesus cristo não é algo novo (Spider-Man 2 de 2004). Mas esse filme? Levou a ideia de simbolismo cristão pra OUTRO NÍVEL. E eu não quero bancar a expert em mitologia cristã, mas parecia que eu estava assistindo a primeira metade da Paixão de Cristo em um cenário sci-fi. E eu gostei muito disso! Eu amo sci-fi, e amo religião.

Eu não quero entrar em muitos detalhes sobre a simbologia cristã que existe nesse filme, mas basicamente: O filho de um ser superior à humanidade é enviado à Terra com o objetivo de guiar um povo de ovelhas a seguir o caminho correto de paz e harmonia. Essa criança é criada por um casal mortal de pessoas que acreditam nesse caminho de bem, e os pais adotivos dessa criança ensinam-lhe os melhores valores de amor e compreensão da humanidade. E essa é esquisita porque ela tem algum tipo de super poder. No seu 30º aniversário (mais ou menos) essa criança, agora um homem formado, descobre a sua verdadeira origem, e fala com o seu verdadeiro progenitor, que mostra o seu propósito para com a humanidade. Depois de muita deliberação, este homem decide seguir o conselho e os desejos dos seus pais, e guiar a humanidade no caminho da paz que evitará a sua destruição total. Entretanto, por influência de uma figura antagônica, o Estado deseja acabar com este homem, mas aí a figura antagônica é derrotada e o Estado fica sem saber o que fazer com ele.

Lembra alguma coisa? A parte do flagelo e do crucifixo vêm no segundo filme.

As cenas em que o Superman aparecem como se fosse um vitral de igreja aparecem no FILME TODO. Do começo ao fim. O fato do filme ter sido todo filmado como um sonho – como algo que é incrível demais pra ser real – ajuda ainda mais com a impressão de que esse filme é mais sobre religião, ou um ser além da humanidade, do que sobre um simples super-herói.

Como alguém que nunca leu um gibi sobre o Superman e sempre experienciou ele através dos olhos de outras pessoas, essa visão apresentada pelo Zack Snyder me parece extremamente valida.

Tem um monólogo em Kill Bill vol. 2 que expressa parte do que eu vejo no Superman:

A palavra chave aqui é mitologia, e o Superman é um mito. Superman está além da humanidade. Superman é um ideal inatingível que nós enquanto seres humanos devemos sempre tentar alcançar, assim como Deus (Jesus, espírito santo, vocês entenderam) segundo a crença cristã.

Como eu nunca li nenhum gibi dele por conta própria, essa é a ideia que fãs sempre me passaram da personagem: Ele é Deus. O ser mais OP do universo. Aquele cujos únicos limites reais são aqueles impostos por ele mesmo (e kriptonita).

E ele é benevolente. Um ser de quase pura esperança. A única história em quadrinhos do superman que eu lembro de ter lido é uma na qual ele convence uma mulher que está prestes a cometer suicídio a não se matar. É bem curta, e uma das historinhas em quadrinhos mais lindas que já li. Você pode ler ela em inglês aqui.

FHJrha7

A parte do filme que foge das analogias cristãs é a luta contra o Zod. Mas não é porque essa parte é menos cristã que ela é menos mitológica.

A cena em que Zod conversa com Superman através de um sonho tem um teor profético. Transforma Zod em um tipo de deidade maligna, que como todas as deidades nas religiões do nosso mundo, fala através de imagem e simbolismo. É como se ele fosse o deus de uma fé diferente, ou mesmo o Demônio.

E as cenas de ação? Elas não acontecem em filmes sobre cristianismo, mas acontecem em filmes de outras religiões. Religiões que muita gente considera mortas, mas né tem quem acredite (eu inclusa).

Fúria de Titãs, Cavaleiros do Zodíaco, Beowulf, Thor, Oya: Rise of The Orisha, todomundo AMA ver deuses descendo o cacete uns nos outros da maneira mais exagerada possível. E Homem de Aço é a melhor porradaria mitológica de todas!

As cenas de luta SÃO INCRÍVEIS. Acho que esse filme tem as cenas de ação exagerada mais massa que eu já vi em toda minha vida! Eu me diverti vendo essas brigas tanto quanto eu me diverti vendo as brigas da primeira temporada de Demolidor. Isso é uma conquista.

E a Faora… Santa Deusa Mãe, a Faora. Eu já fico molhada só de pensar naquela mulher. Ela luta como se fosse uma personagem de Dragon Ball Z, mas com estilo! E algum tipo de… Feminilidade cruel que exala da personagem. Ela parece uma comandante Shepard endoutrinada pelos Reapers que curte BDSM. Ela é malvada pra caramba, mas pato que partiu! Larga esse Zod e vêm ser minha dominatrix <3

wallpaper-2947117

Faora <3

Tudo nesse filme que não é sobre mitologia cristã, é padrão em filmes sobre outras mitologias. Antagonistas, motivações, até o ponto de vista mortal da Lois Lane e o fato de usarem ela como o plot device mais antigo da história da humanidade (donzela em perigo).

E isso tudo me pareceu se encaixar muito bem com o que sempre me pareceu ser a maior diferença entre DC e Marvel: Marvel é sobre seres humanos tendo que lidar com situações sobre-humanas. Enquanto DC, segundo as pessoas com quem conversei, é sobre deuses tendo conflitos divinos enquanto vivem em meio à humanidade. Deuses entre nós.

Eu gostei de Homem de Aço, e esse filme me fez me interessar pelo Superman de uma forma que ninguém jamais conseguiu, justamente por pegar a ideia de deidades vivendo entre a humanidade e realmente se afundar nela.

IMG_3429-copy

Aí eu fui ver Batman vs. Superman… E o meu interesse sumiu de novo. Mas dessa vez dando lugar pra algum tipo de curiosidade mórbida.

batman-vs-superman-posterA história desse filme não faz porra de sentido nenhum. Ela é muito difícil de entender pra quem não conhece o Batman (até quem conhece vai ficar perdide). A briga dos dois parece mais uma batalha pra ver quem tem o ego maior. O Superman tá mais deprimente que o Batman (minha amiga falou que essa luta do Dia contra a Noite tá mais pra Noite contra a Madrugada). E o tal do Lex Luthor Junior parece mais é o Coringa. O que não é de se impressionar, vendo o quanto o Zack Snyder não dá a mínima pra essas personagens e só perde pro Frank Miller quando se trata de violência desnecessária.

Mas a narração religiosa e mitológica continua lá: Sonhos proféticos, imagens divinas, seres humanos duvidando do poder de Deus e o desafiando, e Deus retribuindo a dúvida com amor e sacrifício.

Superman é Jesus, Lex é Caiafás, Apocalypse é o pecado, e o Batman é… Sei lá… Nietzsche? Comparado com o Homem de Aço, a ideia das analogias cristãs nesse filme ficou muito fraca e chata. E uma parte da minha curiosidade mórbida com os próximos filmes da DCEU vêm de eu querer saber por quanto tempo o Zack Snyder vai conseguir manter a brincadeirinha religiosa sem parecer forçado.

Outra parte dessa curiosidade vêm do subplot que introduziram pra Mulher Maravilha e pro Batman. Por que a Diana precisa esconder sua identidade desse jeito? Quem estava mandando aquelas mensagens pro Batman? O Lex Luthor tem alguma conexão com o Coringa? Será que o Coringa do Esquadrão Suicida é algum Robin? O que aconteceu com o resto da bat-família? Por que a Diana aparece tão pouco na porra do filme? POR QUE COLOCARAM A PORRA DO JEREMY IRONS COMO ALFRED?!

Essas são perguntas que o filme colocou na minha mente e só serão respondidas com filmes futuros. E além disso, a Mulher Maravilha roubou todas as cenas em que ela aparecia: Espionando e superando o supostamente invencível Batman enquanto usava os vestidos mais lindos do cinema, e segurando sozinha o Apocalypse enquanto o Batman fugia e o Superman resgatava a namorada. Mais dela, por favor.

doomsday-s-final-form-10-more-badass-moments-in-batman-v-superman-wonder-woman-s-got-904472

Como uma Marvete incorrigível, eu acho que nunca vou realmente entrar fundo no universo DC como tantas outras pessoas fazem, e a minha vida provavelmente é um pouco mais vazia por não conseguir apreciar as duas editoras  da mesma forma. Mas gosto é gosto. E mesmo preferindo as histórias mais pé-no-chão e mais políticas que a Marvel oferece, eu ainda consigo apreciar trabalhos estranhos que vão um passo além, como o Homem de Aço.

E por pior que tenha sido Batman Vs. Superman, eu meio que gostei do filme. Tem a Diana, tem uma trilha sonora incrível, inicia discussões sobre sanidade que sempre foi o ponto alto de Batman, e o mais importante: Me deixou curiosa pra ver mais.

Não me deixou nem de longe curiosa suficiente pra ver tudo – Eu ainda acho Flash e Super Girl um porre – mas foi mais do que a maioria dos gibis e séries animadas conseguiu me proporcionar.

Vamos ver onde isso vai dar. Enquanto isso, eu continuo no trem do hype de Guerra Civil e X-Men Apocalypse! Choo choo!

PS: Eu preciso abençoar vocês com essa fanart, do mesmo jeito que eu fui abençoada:

faorashepard_by_isriana-d6dkfxu - Copy

Faora Shepard por Isriana

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.